Cine Humberto Mauro recebe idosos do Centro de Referência de Assistência Social em sessão especial da Mostra Musicais de Ouro

publicado por Tayna Souza em 30 de janeiro 2019

 

Sessão dublada de “O Picolino” proporcionou momento de lazer e diversão para o público

 

A sessão das 15h desta terça-feira (29) do Cine Humberto Mauro exibiu o filme O Picolino (1935) com a presença dos idosos usuários do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), do Centro de Referência de Assistência SocialCRAS dos bairros São José, Novo Ouro Preto e Santa Rosa, localizados na região da Pampulha.

A iniciativa faz parte, também, do Programa BH em Férias da Prefeitura de Belo Horizonte, que disponibilizou ônibus para os usuários se deslocarem até o centro da cidade. Durante a sessão, os convidados assistiram à versão dublada do filme. A iniciativa, de acordo com o gerente de Cinema da FCS, Bruno Hilário, visou à integração e à acessibilidade.

“O cinema é uma importante ferramenta de promoção da cidadania e tornar acessível de forma gratuita grandes clássicos do cinema é uma das grandes metas do Cine Humberto Mauro. Aproveitamos essa oportunidade para convocar as entidades que promovam ações educativas voltadas para a cultura e o lazer a acompanhar nossa programação e também efetuar o agendamento”, destacou o gerente.

Antes da sessão, Bruno Hilário agradeceu a presença do grupo, contextualizou a mostra Musicais de Ouro e apresentou o longa como uma oportunidade de relaxamento e diversão no cotidiano, propondo uma experiência de imersão no ambiente do Cine.

Para Bruno, esse tipo de parceria é fundamental para o Cine Humberto Mauro. “É muito importante que o Cine receba pessoas diversas para que possamos compreender quais são as demandas da população, com o objetivo de que a casa seja sempre um ambiente que dialogue com seu público”.

De acordo com Simone Cristina, orientadora social do CRAS do bairro Novo Ouro Preto, a parceria com o Cine Humberto Mauro é importante para a convivência social dos usuários. “Quando fazemos esses passeios, buscamos juntar os três CRAS para que possamos estimular o convívio dos idosos por meio de atividades culturais. A linguagem do cinema pode propiciar momentos de discussão e reflexão sobre a vida e a história, o que é muito importante para o desenvolvimento dessas pessoas”, comenta Simone.

A mostra Musicais de Ouro fica em cartaz até o dia 18 de fevereiro, com uma pausa entre os dias 12 e 14. Serão exibidos 41 longas do gênero, abrangendo desde a era de ouro dos musicais de Hollywood até sucessos dos anos 2000, passando por produções estrangeiras e animações.