Palácio em Sua Companhia relembra espetáculo de celebração dos 40 anos da Cia. de Dança Palácio das Artes

16/10 - 23/10

Canal da Fundação Clóvis Salgado no YouTube

Se Eu Pudesse Entrar na Sua Vida, Cia. de Dança Palácio das Artes (2010). Créditos Paulo Lacerda

Dando sequência ao projeto Palácio em Sua Companhia, a Fundação Clóvis Salgado vai exibir, pelo módulo Memória, mais uma produção com um de seus Corpos Artísticos realizada no Palácio das Artes. Trata-se do espetáculo que iniciou as celebrações dos 40 anos da Cia. de Dança Palácio das Artes, a ocupação performática Se Eu Pudesse Entrar na Sua Vida, apresentada em setembro de 2010, que venceu o 8º prêmio Usiminas Sinparc como Melhor Espetáculo, Melhor Concepção Cenográfica e Melhor Iluminação.

 

O vídeo ficará disponível no canal da FCS no YouTube, das 18h do dia 16 de outubro (sexta-feira) até 18h do dia 23 de outubro (sexta-feira), e conta com depoimentos atuais de Cristiano Reis, atual Diretor Artístico da Cia. de Dança Palácio das Artes, e de Sônia Mota, bailarina e coreógrafa responsável pela direção do espetáculo, gravados especialmente para sua exibição no Canal da FCS. Este evento tem correalização da Appa – Arte e Cultura.

 

Em 2011, a Cia. de Dança Palácio das Artes completou 40 anos, e as atividades que marcaram a celebração da data começaram já em 2010, com a abertura do projeto Zona 04. A proposta consistiu em quatro grandes atividades: uma ocupação performática dos espaços da Fundação Clóvis Salgado, exposições históricas e artísticas e um espetáculo no Grande Teatro Cemig Palácio das Artes.

 

A ocupação Se eu pudesse entrar na sua vida inaugurou o projeto, ocupando os diversos espaços da FCS e apresentando ao público novas movimentações e rearranjos coreográficos, criados a partir das vivências de cada um dos bailarinos sobre o repertório do grupo. Os momentos mais marcantes da história da Cia. de Dança Palácio das Artes, que incluem os espetáculos Transtorna, La Valse, Coreografia de Cordel e Sonho de Uma Noite de Verão, foram revisitados de maneiras variadas.

 

Retalhos de uma história – Se Eu Pudesse Entrar na Sua Vida nasceu da pesquisa feita pela Cia. de Dança Palácio das Artes dentro de seu próprio repertório, construído desde 1971. Os bailarinos selecionaram os momentos que permaneceram atuais na sua memória físico/emocional e estudaram como o corpo e o pensamento de seus integrantes lidava, de forma contemporânea, com as danças do tempo passado.

 

O resultado se apresentou na forma de uma ocupação performática de caráter itinerante: o público foi convidado a percorrer, junto com os bailarinos, espaços como o Foyer, Hall, palco, camarins e salas de aula, numa trilha de performances. Em cena, o espectador encontrou elementos da própria história da companhia, tanto no sentido material (objetos, tecidos, elementos de cenografia e figurinos) quanto em relação à própria base da movimentação ou da fala que constituem as cenas. Espalhados pelos espaços, foram organizadas outras fontes de informação: através de fones de ouvido estrategicamente instalados, o espectador pôde escutar depoimentos sobre a companhia, e interagir com manequins cobertos por textos que remetem à história do corpo artístico.

 

Entre dança, performance e teatro, e entre elementos do passado e lógicas do presente, Se eu pudesse entrar na sua vida trouxe as linhas estéticas e a história da Cia de Dança Palácio das Artes, marcada por guinadas, transformações, crises e momentos sublimes.

 

#PALÁCIOEMSUACOMPANHIA – A diversidade cultural do Palácio das Artes encanta o público mineiro há décadas. Agora, no período de isolamento social, o propósito é levar cultura a cada um, no aconchego de casa! Desde o dia 3 de abril, a Fundação Clóvis Salgado realiza o projeto PALÁCIO EM SUA COMPANHIA, que disponibiliza ao público a arte dos Corpos Artísticos (Orquestra Sinfônica de Minas Gerais, Coral Lírico de Minas Gerais e Cia. de Dança Palácio das Artes), dos alunos e professores do Cefart, das Artes Visuais e do Cinema, por meio do Facebook, Instagram e YouTube.

 

Cia. de Dança Palácio das Artes – Corpo artístico da Fundação Clóvis Salgado – é reconhecida como uma das mais importantes companhias do Brasil e é uma das referências na história da dança em Minas Gerais. Foi o primeiro grupo a ser institucionalizado, durante o governo de Israel Pinheiro, em 1971, com a incorporação dos integrantes do Ballet de Minas Gerais e da Escola de Dança, ambos dirigidos por Carlos Leite – que profissionalizou e projetou a Companhia nacionalmente. O Grupo desenvolve hoje um repertório próprio de dança contemporânea e se integra aos outros corpos artísticos da Fundação – Orquestra Sinfônica de Minas Gerais e Coral Lírico de Minas Gerais – em produções operísticas e espetáculos cênico-musicais realizados pela Instituição ou em parceria com artistas brasileiros. A Companhia tem a pesquisa, a investigação, a diversidade de intérpretes, a cocriação dos bailarinos e a transdisciplinaridade como pilares de sua produção artística. Seus espetáculos estimulam o pensamento crítico e reflexivo em torno das questões contemporâneas, caracterizando-se pelo diálogo entre a tradição e a inovação.

 

 

 

Informações

Local

Canal da Fundação Clóvis Salgado no YouTube