Objetivos

Chegando a sua 12a edição, a CineBH – Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte ocupa, mais uma vez, o Cine Humberto Mauro, na região central da capital mineira. De 29 de agosto a 02 de setembro o cinema recebe a programação gratuita composta pela exibição de 24 filmes, dentre longas, média e curtas divididos em três Mostras Temáticas: Mostra Pontes Latino-Americanas, Mostra Contemporânea e Mostra Diálogos Históricos.

Acesse a PROGRAMAÇÃO completa da mostra. 

Definida pelo trio de curadores de longas-metragens, Francis Vogner dos Reis, Pedro Butcher e Marcelo Miranda, a temática da 12ª CineBH será “Pontes Latino-americanas”. O propósito será exibir, discutir e questionar a produção na América Latina ao longo dos anos, a partir de uma produção que se preocupou em levar às telas, em temas ousados e formas inventivas, a própria condição de continente periférico e colonizado. Dentro dessa perspectiva, a produtora argentina El Pampero Cine foi escolhida como destaque internacional. Fundada em 2002 por Mariano Llinás, Laura Citarella, Agustín Mendilaharzu e Alejo Moguilansky, a produtora independente se consolidou como uma das mais notáveis iniciativas do continente, propondo novos modelos de realização. A produtora será representada, no evento, pela diretora Laura Citarella, uma das integrantes da El Pampero Cine. Ela será responsável acompanhar a exibição de dois títulos do grupo, que compõem a Mostra Pontes Latino-Americanas: La Mujer de los Perros (2015), dirigido pela própria Citarella e exibido no Cine Humberto Mauro no dia 29 de agosto, às 19h; e a pré-estreia brasileira de La Flor, mais recente trabalho da El Pampero, dirigido por Mariano Llinás, premiado na última edição do Bafici (Argentina) e também selecionado para o Festival de Locarno 2018.Com quase 14 horas de duração, o filme será dividido em três sessões ao longo da mostra. A primeira parte será exibida às 19h30 do dia 30/08, a segunda às 19h do dia 31/08 e a última às 19h do dia 01/09. 

Integram ainda a programação da Mostra “Pontes Latino-americanas” a ser exibida no Cine Humberto Mauro o longa contemporâneo La Telenovela Errante (Raúl Ruiz e Valéria Sarmiento, Chile, 2017), em cartaz no dia 02/09 às 19h30; e os curtas/média históricos divididos em duas sessões: no dia 29/08, às 17h30, Agarrando Pueblo (Calos Maiolo e LuisOspina, Colômbia, 1977) e Bla Bla Bla (Andrea Tonacci, Brasil, 1971); e no dia 02/09, às 16h30, Revolución (Jorge Sanjinés, Bolívia, 1963), Me matan si no trabajo y si trabajo me matan (Raimundo Gleyzer, Argentina, 1974), Me gustam los estudiantes (Mario Handler, Uruguai, 1968),  Isla Del tesoro(Sara Gomez, Cuba, 1969) e Cómo, Por Qué y Para Qué se asesina a un General (Santiago Álvarez, Cuba, 1971).

A Mostra Diálogos Históricos,também inserida na temática central, contará com a participação dos críticos e pesquisadores João Luiz Vieira (Brasil) e Roger Koza (Argentina), que escolheram três filmes a serem debatidos logo após as exibições. Koza selecionou Pajarito Goméz – Uma vida feliz (Rodolfo Kuhn, Argentina, 1965) – a ser exibido no dia 31/08 às 14h30; e João Luiz optou por Carnaval Atlântida (José Carlos Burle e Carlos Manga, Brasil, 1952) – dia 30/08, às 14h30; e Vítimas do Pecado (Emílio Fernandez, México, 1950) – dia 01/09, 14h. 

A Mostra Contemporânea da 12ª CineBH tem este ano alguns destaques brasileiros e internacionais em pré-estreia no Cine Humberto Mauro. Do Brasil, estão as produções mineiras Baixo Centro, de Samuel Marotta e Ewerton Belico (29/08, às 21h); e Espera, de Cao Guimarães (dia 01/09 às 17h), além do baiano Abaixo a Gravidade, de Edgard Navarro (dia 30/08, às 17h30). Todas as sessões de longas contemporâneos nacionais contarão com rodas de conversa com os realizadores. Entre os títulos estrangeiros, haverá exibições de Classical Period (Alemanha), de Ted Fedt – 31/08, às 17h45; e Tempo Comum (Portugal), de Susana Nobre – 02/09, às 18h.

Com curadoria de Pedro Maciel Guimarães, os curtas contemporâneos terão uma sessão especial da série “Curtas no Almoço”, a ser realizada no dia                         31/08, às 13h. Serão exibidos os filmes Mini Miss, de Rachel Daisy Ellis; Sobre Sonhos e Águas, de Mirela Kruel; Tente não existir, de Amanda Devulsky; e Rapaz em Amarelo, de Lucas Hossoe.

AS SESSÕES TÊM ENTRADA GRATUITA COM RETIRADA DE INGRESSOS 30 MIN ANTES DAS SESSÕES.

Data de início

29 de Agosto de 2018

Data de término

02 de Setembro de 2018

Endereço

Cine Humberto Mauro | Palácio das Artes (Avenida Afonso Pena, 1.537, centro. BH)

Preço

Entrada Gratuita

Mais informações

EVENTO

Mostra Cine BH

CONSULTE CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA 

INFORMAÇÕES PARA O PÚBLICO
(31) 3236-7400

Banner Rodapé Unimed
Banner Rodapé Vivo
Banner Rodapé Globo Minas