Inscrições Abertas para a Oficina Corpo Crítico do 21º FESTCURTASBH

publicado por Fernanda Sanglard em 20 de agosto 2019

A Fundação Clóvis Salgado, por meio do Cine Humberto Mauro, abre as inscrições para a oficina Corpo Crítico 2019 – Cinema em perspectiva: reconfiguração do fazer crítico, ministrada pela crítica, pesquisadora e curadora Kênia Freitas. A atividade integra a programação da 21ª edição do FestCurtasBH. A oficina é gratuita e os interessados deverão enviar uma crítica de filme e uma breve carta de intenção. As aulas acontecem entre os dias 3 e 6 de setembro, das 10h às 12h30. As inscrições podem ser feitas até domingo, dia 25 de agosto, por aqui.

Realizado pela Fundação Clóvis Salgado, com recursos da Lei Municipal e Estadual de Incentivo à Cultura, e correalizada pela APPA Arte e Cultura, o FestCurtasBH acontece entre os dias 30 de agosto e 8 de setembro. Serão exibidos 119 filmes de curtas-metragens, distribuídos em 62 sessões no Cine Humberto Mauro, no Teatro João Ceschiatti e nos Jardins Internos do Palácio das Artes. Toda a programação será gratuita.

Neste ano, o 21º FestCurtasBH recebeu inscrições de mais de 2.600 filmes, sendo 2.181 obras internacionais e 434 obras nacionais. Desse total, integram a programação filmes da África do Sul, Alemanha, Argentina, Bélgica, Camboja, Canadá, Chile, China, Coréia do Sul, Croácia, Cuba, Equador, Eslováquia, Espanha, Estados Unidos, Filipinas, Finlândia, França, Guiné-Bissau, Holanda, Índia, Itália, Malásia, Polônia, Portugal, Reino Unido, República Checa, Ruanda, Sérvia, Singapura e Suíça. Do Brasil, os inscritos são da Bahia, Ceará, Distrito Federal, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e São Paulo.

Oficina

Para Kênia Freitas, em um momento de reconfiguração cultural das dinâmicas sociais, raciais, de gênero e sexualidade, torna-se urgente pensar também a crítica de cinema em perspectivas múltiplas e localizadas. “Abordar os vários lugares de fala dos filmes, da recepção e da crítica deve ser uma prática do incentivo à observação e à escuta – e não do silenciamento dos debates”, diz a curadora ao reafirmar que mais do que apenas um enfoque temático, o convite feito pelos encontros do Corpo Crítico 2019 será o de perceber como conteúdo e forma se complementam e se articulam nos filmes.

Essas articulações podem despertar, segundo a ministrante, uma série de questionamentos: como são trabalhados a focalização, os pontos de vistas e os enquadramentos das narrativas? Como representação e representatividade podem ser pensadas para além da visibilidade? Quais os tensionamentos possíveis entre opacidade e transparência nos discursos políticos dos filmes? Como os gêneros narrativos (e as suas subversões) contextualizam e/ou contestam ideologias e visões de mundo dadas? Mais do que responder essas questões, a oficina propõe o exercício coletivo de pensar com elas através da elaboração crítica em torno dos filmes exibidos no Festival.

Local: Palácio das Artes (av. Afonso Pena, 1537, Centro)

Datas: 3 a 6 de setembro

Horário: 10:00 às 12:30

 

Este evento tem correalização da APPA – Arte e Cultura.