Temporada de Ópera on-line 2021

30/08/21

Site da Fundação Clóvis Salgado

Cenas de Óperas produzidas pela FCS | Imagens: Paulo Lacerda

 

Consagrada como a instituição cultural brasileira que produz montagens operísticas por excelência desde 1971, a Fundação Clóvis Salgado e o Instituto Unimed BH apresentam a aclamada TEMPORADA DE ÓPERA ON-LINE 2021, que será realizada ao longo do segundo semestre deste ano. Para dar início a esta segunda edição, será realizada uma das atividades da Academia de Ópera, o “Ateliê de Criação: Dramaturgia e Processos Criativos”, com curadoria do maestro Gabriel Rhein-Schirato e da encenadora de ópera Livia Sabag. Essa atividade consiste em uma formação gratuita e inédita sobre dramaturgia voltada para ópera, que será composta por aulas, debates, entrevistas e a montagem de um espetáculo inédito, baseado em obra de um importante escritor mineiro.

O evento celebra os 50 anos do Palácio das Artes e traz a proposta de iluminar os diversos aspectos dramatúrgicos do campo operístico e sua intersecção com outras áreas, como a composição, a encenação, a programação e a crítica musical. O objetivo da Academia de Ópera é promover uma especialização dramatúrgica sobre a ópera a partir de uma série de atividades práticas e teóricas que abordam as relações entre texto e música, a escrita de libretos, os processos criativos de espetáculos músico-teatrais, a dramaturgia musical em língua portuguesa, as releituras cênicas de títulos do repertório tradicional, o dramaturgismo (ofício muito presente nos teatros europeus; é um interlocutor literário e teatral de um projeto artístico) e a crítica musical.

“A Academia de Ópera 2021 vai conectar o cenário da ópera, sobretudo em Minas Gerais, com os profissionais de teatro e literatura, unindo forças com escritores, jornalistas, poetas, diretores de teatro, músicos e cantores. O intuito é criar novos títulos, estimular o diálogo da ópera com outras manifestações artísticas e com o nosso tempo, além de fomentar o mercado da ópera a partir da criação de obras inéditas”, revela o curador Gabriel Rhein-Schirato.

Academia de Ópera 2021: Dramaturgia e Processos Criativos integra a Temporada de Ópera on-line 2021 e é realizado pelo Governo de Minas Gerais / Secretaria de Estado de Cultura e Turismo, pela Fundação Clóvis Salgado, e correalizado pela Appa – Artes e Cultura. Tem como apresentadora do Programa a  Unimed-BH / Instituto Unimed-BH¹, e como patrocinadores a Cemig e a AngloGold Ashanti , por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

¹ O patrocínio da Unimed-BH / Instituto Unimed-BH é viabilizado pelo incentivo de mais de cinco mil médicos cooperados e colaboradores

A Fundação Clóvis Salgado é integrante do Circuito Liberdade, complexo cultural sob gestão da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult) que reúne diversos espaços com as mais variadas formas de manifestação de arte e de cultura em transversalidade com o turismo. Trabalhando em rede, as atividades dos equipamentos parceiros ao Circuito buscam desenvolvimento humano, cultural, turístico, social e econômico, com foco na economia criativa como mecanismo de geração de emprego e renda, além da democratização e ampliação do acesso da população às atividades propostas.

 

Imagens: Paulo Lacerda

 

Especialização inédita em dramaturgia operística

A partir de um diagnóstico sobre o cenário da ópera no Brasil, marcado pela execução do repertório tradicional e com vínculo mais próximo do universo da música, os curadores identificaram a necessidade de se criar uma especialização em dramaturgia operística.

“Hoje, temos poucos profissionais no Brasil especializados na criação de libretos. Apesar de vermos um aumento de novos títulos, não existem muitos espaços de formação para dramaturgos no campo da ópera. Por isso, eu afirmo que a “Academia de Ópera 2021: Dramaturgia e Processos Criativos” é um projeto inédito no Brasil, pois aborda a dramaturgia na ópera em vários planos”, explica a curadora Livia Sabag.

A Academia de Ópera está dividida em três eixos. O primeiro e principal é o Ateliê de Criação: Dramaturgia e Processos Criativos. Trata-se de uma formação gratuita referente à criação de libretos de cinco breves óperas de câmara, com a colaboração de compositores brasileiros convidados. Organizado em diferentes módulos, o Ateliê de Criação será realizado no formato on-line e contará com as participações de renomados artistas, pesquisadores e jornalistas brasileiros e estrangeiros, como Geraldo Carneiro, André Mehmari, Antonio Ribeiro, Denise Garcia, Mauricio De Bonis, Thais Montanari, João Luiz Sampaio, entre outros. Para saber mais detalhes sobre a programação dos Módulos, clique aqui.

Em torno do Ateliê de Criação acontecerá o segundo eixo do projeto, composto por atividades on-line, gratuitas e abertas ao público. Serão transmitidos pelas redes sociais debates, conversas e entrevistas, no período de setembro a novembro.

Já o terceiro e último eixo será a criação de um espetáculo pelos participantes do Ateliê de Criação. Realizado presencialmente em comemoração aos 50 anos do Palácio das Artes, durante o mês dezembro, a montagem ficará a cargo de um diretor da cena teatral mineira e será executada por orquestra e cantores convidados. O tema da montagem será baseado na obra de um grande escritor mineiro ainda a ser definido.

Paralelamente às aulas e atividades do Ateliê – e como parte integrante dele – será oferecido ainda um módulo optativo, que abordará aspectos históricos e teóricos acerca da crítica cultural especializada em ópera e conduzirá os alunos a produzirem conteúdo a ser publicado a partir das atividades do projeto.

 

Selecionados o para o Ateliê de Criação em Dramaturgia e Processos Criativos

O Ateliê de Criação selecionou 16 participantes ativos e 26 participantes ouvintes, que iniciarão as aulas no dia 25 de agosto de 2021. As vagas são oferecidas para profissionais interessados no Teatro de Ópera e em seus processos criativos como escritores, cantores, regentes, diretores de cena, compositores, musicólogos, gestores, produtores, jornalistas, educadores, pianistas e intérpretes em geral. Entre os participantes ativos, 5 serão selecionados para escreverem os libretos das óperas que serão compostas e encenadas no final do ano.

 

– ACESSE AQUI A LISTA DOS SELECIONADOS PARA O “ATELIÊ DE CRIAÇÃO – DRAMATURGIA E PROCESSOS CRIATIVOS”

– ACESSE AQUI O EDITAL DO “ATELIÊ DE CRIAÇÃO: DRAMATURGIA E PROCESSOS CRIATIVOS”

 

Podem participar do processo seletivo candidatos maiores de 18 anos sem limite máximo de idade. Uma porcentagem mínima de 60% dos participantes será destinada aos candidatos nascidos em Minas Gerais ou residentes há mais de dois anos no estado. Será exigida a comprovação de residência na confirmação de inscrição.

O processo seletivo tanto para os alunos ativos quanto para os alunos ouvintes foi realizado através da análise dos currículos, das cartas de interesse e dos vídeos (no caso de cantores). A banca examinadora foi composta pelos curadores Gabriel Rhein-Schirato e Livia Sabag.

O resultado foi divulgado no site da FCS (http://fcs.mg.gov.br) no dia 23 de agosto de 2021. Os (as) candidatos (as) aprovados (as) receberão um e-mail no endereço eletrônico informado no formulário de inscrição.

Os candidatos aprovados terão até as 20h do dia 24 de agosto de 2021 para confirmar a inscrição e enviar em anexo o comprovante de residência conforme informado no formulário.

Caso o candidato aprovado como aluno ativo ou ouvinte não confirme sua participação até às 20h do dia 24 de agosto de 2021, será chamado o primeiro candidato na lista de suplentes, e assim por diante.

Os alunos aprovados deverão ter o mínimo de 75% de presença nas atividades do Ateliê para terem direito a receber o certificado de conclusão da Academia de Ópera 2021 da Fundação Clóvis Salgado.

 

 

Programação da Temporada de Ópera on-line 2021

Além de realizar a Academia de Ópera, a Temporada de Ópera on-line 2021 apresentará o Concerto Stabat Mater – o drama do barroco italiano, com a Orquestra Sinfônica de Minas Gerais e regência de Silvio Viegas, maestro Titular da OSMG. O evento será realizado no dia 28 de agosto, no Grande Teatro Cemig Palácio das Artes.

A série “Ópera! O podcast da música lírica” é uma das novidades da nova edição da Temporada de Ópera on-line 2021. Com concepção e direção de João Luiz Sampaio (editor executivo da Revista Concerto, colaborador do jornal O Estado de S. Paulo e organizador da coletânea “Ópera à Brasileira”) e Nelson Rubens Kunze (fundador, diretor e editor da Revista Concerto e do site Concerto), a série de podcasts reunirá 5 episódios, que serão publicados entre os meses de setembro e novembro. Os títulos dos conteúdos são “Voz: a alma da ópera”, “Vida de maestro”, “Como nasce uma encenação?”, “Da partitura ao palco, a ópera brasileira” e “Quanto custa uma ópera?”.

A sétima arte também marca presença na Temporada de Ópera on-line 2021. Em outubro será realizada a Mostra de Cinema e Ópera. A curadoria será assinada por Julianna Santos, diretora cênica.

 

 

TEMPORADA DE ÓPERA ON-LINE – Em 2020, a tradição dos encontros com a arte operística na FCS tomou diferente forma, inaugurando um novo modo de fazer, difundir e refletir sobre a ópera no Brasil e na América Latina. Com abrangência nacional e internacional, a programação, prioritariamente digital, impactou diretamente 110 mil pessoas por meio de palestras, aulas, mostra de cinema, exposição de artes gráficas e apresentação artística. O projeto disponibilizou 60 atividades gratuitas para o público, com participação de 218 dos principais nomes do Brasil e de alguns profissionais de destaque internacional, resultando em  178 horas de programação. As oficinas e os cursos da Academia de Ópera ofertaram 637 vagas. Devido à originalidade e ao ineditismo do projeto, a Temporada de Ópera On-line concorreu ao prêmio CONCERTO 2020, na categoria “Reinvenção na Pandemia”, promovido pela conceituada Revista Concerto. O Recital da soprano ELIANE COELHO e do pianista GUSTAVO CARVALHO no Grande Teatro Cemig Palácio das Artes, com transmissão pela internet, encerrou a Temporada de Ópera On-line 2020.

 

Gabriel Rhein-Schirato | Crédito: divulgação

GABRIEL RHEIN-SCHIRATO – Graduado na USP com especialização e pós-graduação na Alemanha. Tem regido e ministrado aulas sobre a interpretação do repertório operístico pelo país. É cofundador do Opera Studio da Fundação Theatro Municipal de São Paulo. Coordenador da Academia da Fundação Clóvis Salgado 2020 e Professor de repertório e interpretação nos Festivais de Ópera do Theatro da Paz 2020 e 2021.

 

 

 

Livia Sabag | Crédito: divulgação

LIVIA SABAG – É encenadora de ópera e curadora de projetos de música e teatro. Suas produções vêm sendo aclamadas pelo público e pela crítica especializada. Entre seus mais recentes espetáculos premiados estão as montagens de L’Italiana in Algeri, realizada no Theatro São Pedro de São Paulo em 2019, e Salomé, realizada no Theatro Municipal de São Paulo em 2014. Em 2020 assinou a curadoria da 8ª edição do Festival de Música do Espírito Santo indicada ao Prêmio “Reinvenção na Pandemia” da Revista Concerto.

 

INSTITUTO UNIMED-BH – Associação sem fins lucrativos, o Instituto Unimed-BH, desde 2003, desenvolve projetos socioculturais e ambientais visando a formação da cidadania, estimular o bem-estar e a qualidade de vida das pessoas, ampliar o acesso à cultura, valorizar espaços públicos e o meio ambiente. Ao longo de sua história, o Instituto destinou cerca de R$140 milhões por meio das Leis municipal e federal de Incentivo à Cultura, viabilizado pelo patrocínio de mais de 5,2 mil médicos cooperados e colaboradores. No último ano, mais de 7 mil postos de trabalho foram gerados e 3,9 milhões pessoas foram alcançadas por meio de projetos em cinco linhas de atuação: Comunidade, Voluntariado, Meio Ambiente, Adoção de Espaços Públicos e Cultura, que estão alinhados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030. Neste ano, todas as iniciativas do Instituto celebram os 50 anos da Unimed-BH. Clique aqui e conheça mais sobre os resultados do Instituto Unimed-BH. Parceiro da Fundação Clóvis Salgado desde 2000, contribui para a manutenção dos corpos artísticos (Cia. de Dança do Palácio das Artes, Coral Lírico e Orquestra Sinfônica de Minas Gerais) por meio do patrocínio à temporada de Óperas.

 

FUNDAÇÃO CLÓVIS SALGADO – Com a missão de fomentar a criação, formação, produção e difusão da arte e da cultura no Estado, a Fundação Clóvis Salgado (FCS) é vinculada à Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult). Artes visuais, cinema, dança, música erudita e popular, ópera e teatro, constituem o campo onde se desenvolvem as inúmeras atividades oferecidas aos visitantes do Palácio das Artes, CâmeraSete – Casa da Fotografia de Minas Gerais – e Serraria Souza Pinto, espaços geridos pela FCS.  A Instituição é responsável também pela gestão dos corpos artísticos – Cia. de Dança Palácio das Artes, Coral Lírico de Minas Gerais e Orquestra Sinfônica de Minas Gerais –, do Cine Humberto Mauro, das Galerias de Artes e do Centro de Formação Artística e Tecnológica (Cefart). Em 2020, quando celebrou 50 anos, a FCS ampliou sua atuação em plataformas virtuais, disponibilizando sua programação para público amplo e variado. O conjunto dessas atividades fortalece seu caráter público, sendo um espaço de todos e para todos.

 

Informações

Local

Site da Fundação Clóvis Salgado