Que som é esse?

Colecionar pedras, galhos, botões… Você coleciona algo ou conhece alguém que coleciona? Hoje vamos descobrir, com o filme “O Melhor Som do Mundo” (2015), que colecionar sons pode ser um grande e divertido desafio!

Acesse o link para assistir:

Ficha técnica

Filme: O Melhor Som do Mundo

Ano: 2015

Local: São Paulo, Brasil

Duração: 13 minutos

Direção: Pedro Paulo de Andrade

Gênero: Ficção

 

Para refletir: No filme “O Melhor Som do Mundo”, ao se aventurar à procura do “melhor som do mundo”, Vinícius acabou descobrindo algo incrível, você sabe dizer o que é? Pense em qual som ele escolheu como o melhor e no motivo dessa escolha.

Filme “O Melhor Som do Mundo”. Foto: Divulgação

Proposta de atividade

Que tal brincar de colecionar sons?

Você pode descobrir sons muito legais bem aí pertinho de você!

Ilustração: Naiara Rocha

Para isso você pode usar:

Algumas dicas importantes antes de começar a brincadeira!

Se tiver um gravador ou outro aparelho que grava sons, como um celular, você pode colecionar os sons da mesma forma que Vinícius. Peça a ajuda de um adulto para aprender a usar o aparelho e comece a busca!

Se preferir ou se não tiver um aparelho que grave sons, você também pode “registrar os sons” com desenhos ou palavras. Para isso, esteja atento ao que consegue perceber: É um som animado? É um som calmo? Te lembra algo? Agora transforme o que sentiu em desenhos ou palavras.

Independente da forma que você escolheu para registrar… Você pode procurar por toda a casa os mais variados sons: estranhos, bonitos, assustadores e muito mais!

Depois que terminar de brincar, mostre a sua coleção para as outras pessoas da casa!

E, se tiver registrado os sons com desenhos ou palavras, você também pode fotografar seus registros e compartilhar com a gente, marcando as fotos com as nossas hashtags: #educativofcs    #cineminhaonline

Sobre as autoras:

Ana Luiza Emerich é licenciada em Artes Visuais, mestra em Artes, professora da Rede Estadual de Ensino, professora e mediadora na Escola de Artes Visuais do Cefart – FCS.

Naiara Rocha é bacharel e licenciada em Artes Visuais, graduada em Pedagogia, mediadora e professora na Escola de Artes Visuais e na Escola de Tecnologia da Cena do Cefart – FCS.