FCS / Palácio das Artes dão continuidade ao programa gratuito “Caminhos da Arte”, em Brumadinho

Está de volta o programa CAMINHOS DA ARTE, realizado pela Fundação Clóvis Salgado / Palácio das Artes, por meio do Centro de Formação Artística e Tecnológica – Cefart, voltado para a comunidade de Brumadinho. Nesta segunda etapa, de julho a agosto de 2021, serão realizadas duas Oficinas, gratuitas, que fizeram bastante sucesso na primeira etapa do programa, em 2020: Canções para Brumadinho e Fonegrafia – Fotografia de Celular. As inscrições para as atividades aconteceram entre os dias 12 e 22 de julho e foram feitas por meio de dois formulários disponibilizados nos sites da Fundação Clóvis Salgado (www.fcs.mg.gov.br) e do Caminhos da Arte (www.cdabrumadinho.com.br).

CANÇÕES PARA BRUMADINHO

Serão realizadas aulas de Aquecimento Vocal para que os participantes possam utilizar a voz de forma correta, interpretar e cantar com prazer. No decorrer das aulas, será escolhido um tema musical para pesquisa e fio condutor de uma possível apresentação on-line, que também servirá como ferramenta de estímulo e desenvolvimento dos participantes. O objetivo desta oficina é promover um resgate cultural e poético com as músicas que serão cantadas pelos participantes.

Babaya Morais – Professora de canto na Babaya Casa de Canto, recebeu 2 prêmios Shell por Melhor Direção Musical, Direção de Texto e Prosódia para atores na Rede Globo. Tem em seu currículo, 204 espetáculos trabalhados com a música e o teatro. 

Babaya | Crédito: Felipe Fantoni

FONEGRAFIA – FOTOGRAFIA DE CELULAR

O Curso tem ênfase na fotografia e vídeo móvel, com telefone celular/smartphone e pretende trabalhar as possibilidades contemporâneas compreendendo um pouco da sua história, seus desdobramentos, os equipamentos e acessórios disponíveis e os recursos básicos, alternativas de produção criativa, utilizando soluções simples e acessíveis. Pretende satisfazer o desejo dos alunos de produzir conteúdos com mais eficiência e criatividade, melhorando o processo de comunicação visual, pessoal ou corporativo.

Alexandre Lopes – Profissional com ampla e diversificada experiência no campo das Artes Visuais, atual desde os anos 80 como fotógrafo e educador. Graduado em Design Gráfico pela Escola de Design da UEMG e Pós-graduado em Pesquisa e Ensino no Campos das Artes Plásticas pela Escola Guignard. O prazer em transmitir conhecimento é uma característica inerente.

Alexandre Lopes | Crédito: Alexandre Lopes

O programa Caminhos da Arte é realizado pela SECRETARIA ESPECIAL DA CULTURA / MINISTÉRIO DO TURISMO, através da LEI FEDERAL DE INCENTIVO À CULTURA, pelo GOVERNO DE MINAS GERAIS / SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA E TURISMO e FUNDAÇÃO CLÓVIS SALGADO, com o patrocínio da CATERPILLAR. Este programa tem também o INSTITUTO SOCIAL SOTREQ – iSSO como parceiro investidor e a APPA ARTE E CULTURA como co-realizadora.

CAMINHOS DA ARTE

Concebido e idealizado pela Fundação Clóvis Salgado, com o patrocínio da Caterpillar e do parceiro investidor Instituto Social Sotreq – iSSO, CAMINHOS DA ARTE é um grande programa humanístico de atuação cultural, artística, social e econômica, pautado na promoção de experiências criativas, artísticas e de desenvolvimento humano para a população de Brumadinho.

Trata-se de uma iniciativa de promoção continuada de atividades reflexivas e de qualificação técnica cultural para os moradores de Brumadinho, estimulando a retomada gradual das atividades criativas, com o propósito de gerar emprego e renda, além de dar a oportunidade para um público jovem e adulto participarem de vivências e atividades formativas artísticas. 

Para Eliane Parreiras, presidente da Fundação Clóvis Salgado, é muito gratificante dar continuidade a esse programa, que visa ampliar as potencialidades individuais e coletivas dos participantes, gerando atividades econômicas e renda para jovens e adultos por meio de inovações possíveis no campo da arte. “Tem sito muito importante para a FCS realizar o Caminhos da Arte, por possibilitar uma real geração de impacto social, econômico e humano por meio da arte e da cultura. E contar com a parceria da Caterpillar e do iSSO é para nós motivo de grande orgulho, pois nos permite viabilizar ações de formação cultural de relevância para as comunidades de Brumadinho”, ressalta Eliane Parreiras.

ARTE QUE INSPIRA • ARTE QUE LIBERTA • ARTE QUE TRANSFORMA

O programa Caminhos da Arte tem como esferas norteadoras três princípios: Técnico – evidenciando o potencial de geração de emprego, renda e atividades econômicas; Artístico – que fomenta a expressão cultural e a inclusão social e de Bem-estar, como fator motivador da qualidade de vida humana.

Tendo como base a arte e a educação como caminhos para o desenvolvimento individual e coletivo, o programa possui ainda três eixos conceituais Arte que Inspira, Arte que Liberta e Arte que Transforma que norteiam as atividades oferecidas, bem como as oficinas Canções para Brumadinho, com a cantora e professora de canto, Babaya Morais, e Fonegrafia – Fotografia de Celular, com o fotógrafo e educador, Alexandre Lopes.

SOBRE CATERPILLAR

Desde 1925, a Caterpillar Inc. tem ajudado nossos clientes a construir um mundo melhor – tornando o progresso sustentável possível e impulsionando mudanças positivas em todos os continentes. Com vendas e receitas de US $ 53,8 bilhões em 2019, a Caterpillar é a fabricante líder mundial de equipamentos de construção e mineração, motores a diesel e gás natural, turbinas industriais a gás e locomotivas diesel-elétricas. Os serviços oferecidos ao longo do ciclo de vida do produto, as tecnologias de ponta e décadas de experiência em produtos diferenciam a Caterpillar, fornecendo valor excepcional para ajudar nossos clientes a ter sucesso. A empresa opera principalmente por meio de três segmentos principais – Indústrias de Construção, Indústrias de Recursos e Energia & Transporte – e fornece financiamento e serviços relacionados por meio de seu segmento de Produtos Financeiros. Para obter mais informações, visite caterpillar.com. Para se conectar nas redes sociais, visite caterpillar.com/social-media/

SOBRE O iSSO

O Instituto Social Sotreq, conhecido como iSSO, é uma Organização da Sociedade Civil cujo propósito é valorizar o potencial humano e contribuir com a sustentabilidade. Fundado em 9 de junho de 2005, segue investindo em projetos sociais nas áreas de capacitação profissional e socioambiental no território nacional. Trata-se de uma associação sem fins lucrativos, que reconhece o valor de cada cidadão, estimulando a contribuição de todos e respeitando a diversidade social, econômica e cultural. Mais informações no site https://isso.org.br /

SOBRE A FUNDAÇÃO CLÓVIS SALGADO / PALÁCIO DAS ARTES

A Fundação Clóvis Salgado (FCS) atua nas áreas de produção artística, difusão e formação cultural. Em seus espaços – Palácio das Artes, CâmeraSete – Casa da Fotografia de Minas Gerais e Serraria Souza Pinto, a diversificada programação oferecida em 2020 atingiu mais de 1,4 milhão de pessoas por meio das atividades artísticas presenciais e virtuais oferecidas. Artes visuais, cinema, dança, literatura, música erudita e popular, ópera e teatro são algumas das possibilidades de fruição, produção e formação incorporadas e reconhecidas na essência da Fundação Clóvis Salgado. Em permanente diálogo entre tradição e contemporaneidade, a atuação de seus Corpos artísticos – Cia. de Dança Palácio das Ates, Coral Lírico e Orquestra Sinfônica de Minas Gerais – permite a realização de grandes produções operísticas, concertos, espetáculos de dança contemporânea e performances. Essa atuação complexa e transversal faz da Fundação Clóvis Salgado uma das instituições únicas no mundo e a torna estratégica para implementação e execução de políticas públicas de cultura para o desenvolvimento humano, econômico e social. https://fcs.mg.gov.br/