Objetivos

No dia 30 de agosto, na Sala Juvenal Dias, acontece a primeira edição do Minas Pocket, iniciativa da Fundação Clóvis Salgado que pretende produzir eventos sobre Literatura, Design, Arquitetura, Dança, Performance e Teatro. O programa reúne profissionais de saberes distintos para debaterem o mercado da cultura, estimulando a ocupação do complexo cultural do Palácio das Artes.

Para dar início ao Minas Pocket, a FCS convidou integrantes do Grupo Corpo, tradicional companhia de Dança de Belo Horizonte, para uma conversa sobre o mercado da dança. Estarão presentes para o Minas Pocket – Fala Sobre Dança a coreógrafa Cassi Abranches (ex-Grupo Corpo), o coordenador técnico Gabriel Pederneiras e a bailarina Janaína Castro. Durante o encontro com o público, os profissionais vão explicar sobre o atual cenário do mercado da Dança, principalmente em Minas Gerais, e contar detalhes a respeito da carreira de um bailarino, passando pelos vários desafios que a profissão demanda.

*A entrada é gratuita com distribuição de ingressos meia hora antes do evento. 

Sobre os convidados 

Gabriel Pederneiras – Gabriel Pederneiras nasceu em 1981, ano em que o Grupo Corpo, criado pelo seu pai e seus tios, já estava estabelecido como uma importante companhia de dança no Brasil. Desde criança acompanhou a família nas turnês da companhia – e até os 18 anos, sempre como espectador. Numa viagem em que o Grupo levava à Europa os balés “Parabelo” e “Benguelê”, Gabriel passou a se aproximar do universo da montagem dos espetáculos. Buscava aprender com os tios, responsáveis por essa área, e começou a trabalhar informalmente: descarregando caminhões, ajudando no cenário. Voltando ao Brasil, começou a frequentar quase todos os ensaios e apresentações do Corpo, estagiando na técnica e montagem. Em 2013, junto ao seu tio Paulo Pederneiras, assinou a iluminação do espetáculo “Triz”, e em 2015, na comemoração dos 40 anos do Grupo Corpo, os inéditos “Dança Sinfônica” e “Suíte Branca”. Atualmente é coordenador técnico da companhia e responsável pela iluminação de todas as montagens.

Cassi Abranches – Cassi Abranches é bailarina e coreógrafa natural de São Paulo e iniciou seus estudos na Escola Municipal de Bailados. Aos 14 anos de idade, ingressou na Raça Cia de Dança, em São Paulo. Em 1999 foi convidada a integrar o Ballet do Teatro Castro Alves em Salvador, Bahia. Em 2000 entrou para o Teatro Guaíra em Curitiba, no Paraná. Encerrou em maio de 2013 sua carreira como bailarina no Grupo Corpo, no qual se dedicou por 12 anos. Atualmente assume exclusivamente a profissão de coreógrafa. Desde Contracapa, de 2009, para o Ballet Jovem Palácios das Artes, vem experimentando seu modo de fazer em meio à apertada rotina de bailarina e mãe. Muitos de seus intérpretes vêm da própria companhia, como Uátila Coutinho, para quem criou Traço (2011), ou Ana Paula Cançado, que dançou Núbia (2012).

Janaína Castro – Janaína Castro é bailarina profissional e integrante do Grupo Corpo desde 2000. Formada em Artes Plásticas pela escola Guignard em Belo Horizonte. Foi a partir de um convite da amiga Cassi Abranches para realizar o figurino da coreografia Contracapa (2009), para o Ballet Jovem Palácio das Artes no ano de 2009, começando o trabalho com figurinos. Trabalhou com outros coreógrafos como Rodrigo Pederneiras e Henrique Rodovalho. No teatro, em parceria com Maria Luiza Magalhães, assinou o figurino para a Cia. Burlantins, ganhando o 10˚ Prêmio Sinparc de Artes Cênicas/Melhor Figurino.

Data de início

30 de Agosto de 2017

Data de término

30 de Agosto de 2017

Endereço

Sala Juvenal Dias | Palácio das Artes

Preço

Entrada gratuita

Mais informações

EVENTO
1º Minas Pocket - Fala Sobre Dança

HORÁRIO
19h30

DURAÇÃO
1h30

CLASSIFICAÇÃO LIVRE 

INFORMAÇÕES PARA O PÚBLICO
(31) 3236-7400 

Banner Rodapé Unimed
Banner Rodapé Vivo
Banner Rodapé Globo Minas