Objetivos

Iniciando as comemorações de seus 40 anos, no período de 2 a 29 de março o Cine Humberto Mauro exibe a mostra Buster Keaton - O acrobata do riso, resgatando a filmografia de um dos mais importantes nomes do cinema mudo.

Serão exibidos mais de 50 filmes, entre curtas e longas, mudos e falados, desse diretor considerado um rival de Charles Chaplin. Dentre os destaques da mostra, estão alguns dos filmes mais importantes do cineasta, como Nossa hospitalidade (1923), que narra o romance entre dois jovens apaixonados das famílias rivais McKay e  Canfield, e Sherlock Jr. (1924), dirigido e protagonizado por Keaton, que traz a história de um projecionista, aspirante a detetive, que é acusado injustamente por seu rival e tem provar sua inocência para salvar seu relacionamento e sua reputação.

Confira a PROGRAMAÇÃO completa da mostra

Confira as SINOPSES dos filmes

O acrobata do riso 

Buster Keaton iniciou sua carreira no cinema com curtas-metragens e, posteriormente, longas, em filmes mudos e falados, dirigindo e atuando. Uma de suas principais características era a capacidade de fazer humor por meio das gags (corrida, fuga, queda), utilizando de um personagem impassível, que sempre mantinha as mesmas feições diante dos fatos. Assim, Buster Keaton foi chamado pelos críticos de O grande cara de pedra ou O homem que nunca ri.

 

Sessão especial no Grande Teatro

No encerramento da mostra Buster Keaton, o cinema invade o Grande Teatro do Palácio das Artes para a exibição especial de dois dos mais importantes trabalhos da carreira do cineasta. O primeiro deles, o curta The Railrodder (1965), foi a última atuação de Keaton em produções mudas e uma ode aos filmes que consagraram sua carreira ao longo dos anos. A trilha sonora de The Railrodders será executada ao vivo por músicos convidados e alunos da Escola de Música do Centro de Formação Artística e Tecnológica - CEFART, com composição do maestro e coordenador da escola de música do CEFART, André Brant.

O segundo filme será o longa A General (1926), um dos mais icônicos trabalhos do cineasta, em que ele interpreta Johnnie, homem apaixonado por sua locomotiva, a General, e também pela bela Annabelle Lee. Durante a Guerra Civil, a General e Annabelle são raptadas por espiões da União, e Johnnie parte numa aventura movimentada, excitante e divertida através da ferrovia. O filme traz a cena mais cara do cinema mudo. 

Serão distribuídos até 2 ingressos por pessoa, a partir das 10h do dia 28/3 na bilheteria do Grande Teatro do Palácio das Artes.

A ideia das exibições no Grande Teatro propõe um resgate à memória do Cine Humberto Mauro, que começou há 40 anos, por meio de um Cineclube que exibia filmes aos sábados e domingos antes dos espetáculos.

História Permanente do Cinema

Em diálogo com a mostra Buster Keaton - O acrobata do riso, a História Permanente do Cinema do mês de março traz grandes clássicos da comédia, do cinema mudo ao falado, que dialogam com a produção de Keaton. As sessões são comentadas, e ocorrem todas as quintas-feiras, às 17h, com entrada gratuita.

 

 

 

Data de início

02 de Março de 2018

Data de término

29 de Março de 2018

Endereço

Cine Humberto Mauro | Palácio das Artes

Preço

Entrada Gratuita

Mais informações

EVENTO
Mostra Buster Keaton, O acrobata do riso

CLASSIFICAÇÃO
Verifique a classificação indicativa de cada filme na programação

INFORMAÇÕES PARA O PÚBLICO
(31) 3236-7400, pelo link Fale Conosco no site www.fcs.mg.gov.br ou pelo Facebook em @fundacaoclovissalgado